Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Inês Saldanha

Inês Saldanha

Estudar e trabalhar – 5 dicas

20.01.23 | Inês Saldanha

Design sem nome.png

No ano passado, voltei a caminhar nesse caminho da aprendizagem e educação e após seis anos sem estudar, arregacei as mangas, inscrevi-me na universidade (maiores de 23) e mergulhei num novo desafio da minha vida.

Neste momento, trabalho e estudo, o que só por si tem se revelado uma enorme aprendizagem. Com o final do primeiro semestre, reuni algumas dicas que facilitaram o meu estudo e me permitiram completar esta primeira etapa com sucesso.

 

  1. Foco na rotina

Pode parecer óbvio, mas a verdade é que ter uma rotina organizada, com uma ou duas horas destinadas a rever a matéria, organizar a agenda, fazer trabalhos de casa, é o primeiro passo a ter em conta nesta jornada.

A consistência é fundamental, principalmente, quando o tempo é escasso.

 

  1. Método/Material de estudo

Para mim, por exemplo, escrever é um dos métodos mais eficazes para reter informação. Contudo, para outras pessoas, ver vídeos explicativos, construir mapas mentais, estudar em grupo, realizar exercícios, etc. funciona melhor.

É imprescindível percebermos quais são os métodos de aprendizagem mais adequados e produtivos, assim como os suportes de estudo mais funcionais. Pessoalmente, eu prefiro a informação impressa, todavia existem pessoas que preferem o suporte digital.

Não tenhas medo de experimentar diversos meios de aprendizagem e tenta perceber o ou os mais apropriados para ti.

 

  1. Dormir

Já é de conhecimento geral que dormir é essencial para sermos produtivos e funcionais, porém quando trabalhos e estudamos é primordial ter em consideração o descanso, pois sem ele não seremos rentáveis em nenhum dos campos.

 

  1. Hobbies

O meu hobby é, sem dúvida, a leitura e embora admita que nos últimos meses não li tanto quanto gostaria, pois nem sempre tive energia e tempo para o fazer, procurei preservar esse passatempo.

Acredito plenamente que todos nós precisamos de um refúgio diário (“safe place”) que nos faça desligar da azáfama do quotidiano.

 

  1. Planeamento

Planeia com antecedência o teu tempo, deixar para “a última” vai provocar-te ansiedade e, a longo prazo, não irás obter os resultados pretendidos. Se vais ter um exame daqui a três semanas, começa a preparar-te nesse sentido. O planeamento evita possíveis contratempos e permite-te obter tempo para esclareceres possíveis dúvidas que possam surgir.

 

Eu acredito, cegamente, que o esforço e a dedicação irão sempre recompensar.

Espero que este post sido útil e se tiverem mais dicas partilhem nos comentários.

Inês 🤍