Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Inês Saldanha

Novo post todas as segundas-feiras.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

22
Ago21

Guimarães – “O berço da nação portuguesa”

Inês Saldanha

g9.jpg

Quem nunca desejou ter nascido noutra época e ter outro estilo de vida?

Temos todos tendência a romantizar aquilo que não vivemos e, honestamente, não existe mal nenhum nisso, sonhar é elevar o pensamento e compreender a alma…

Foi assim que me senti ao visitar o Castelo de Guimarães e o Paço dos Duques de Bragança, uma sonhadora. Deixando-me iludir pela minha imaginação fértil que se questionava o tempo todo de como teria sido viver ali há muitos anos atrás.

Na compra dos bilhetes conjuntos existem três opções:

  • Paço dos Duques de Bragança e Castelo de Guimarães — 6,00 €
  • Museu de Alberto SampaioPaço dos Duques de Bragança — 6,00 €
  • Museu de Alberto SampaioPaço dos Duques de Bragança e Castelo de Guimarães — 8,00 €

Ou então, bilhetes individuais:

Paço dos Duques — 5,00 €

Castelo de Guimarães — 2,00 €

Museu Alberto Sampaio – 3,00 €

Eu optei por comprar os bilhetes conjuntos do Paço dos Duques de Bragança e do Castelo de Guimarães.

Visto que a compra dos bilhetes é feita no Paço dos Duques, foi aí mesmo que iniciei o tour.

Tendo em conta a situação atual do mundo, por causa do covid-19, havia mesmo muito poucas pessoas, por isso, foi bastante agradável e seguro realizar ambas as visitas.

Em cada divisão do Paço dos Duques temos acesso a um código QR que basta visualizarmos com a câmara do telemóvel e, automaticamente, somos dirigidos para o site do próprio monumento.

Assim ficamos a conhecer mais sobre uma determinada área e a visita acaba por ser muito mais didática e recompensadora.

Apesar de ser interdito filmar o Paço dos Duques, podemos tirar fotografias, desde que não utilizemos o flash.

Por isso deixo-vos aqui algumas fotografias que tirei:

 

Em relação ao castelo podem sempre visualizar o vídeo aqui a baixo que filmei e espero que, tal como eu, se deixem apaixonar por estes dois esplêndidos monumentos de Portugal.

Visualizar vídeo do Castelo de Guimarães

22
Ago21

Trilho das Sete Lagoas – Gerês

Inês Saldanha

geres7.jpg

Há algum tempo que queria fazer um trilho, no Gerês, pela experiência em si.

Para além de ser uma ótima maneira de conhecer um determinado sítio, a maior parte dos trilhos oferece um contato muito direto com a natureza. Sentimo-nos autênticos exploradores e, inevitavelmente, o bem-estar que se apodera de nós, tanto a nível físico como psicológico, é bastante recompensador.

Sendo assim deixo-vos aqui algumas informações que acho serem úteis caso queiram fazer este trilho maravilhoso:

  • iniciem o trilho no bar das Sete Lagoas, na aldeia do Xertelo, onde poderão estacionar o carro e comprar água caso não tenham;
  • a dificuldade do trilho é fácil/moderada e podem levar crianças, se estas conseguirem se movimentar independentemente;
  • no total são cerca de 10 km (ida e volta);
  • levem fato de banho, a água das lagoas é bastante limpa e segura;
  • durante o percurso estejam atentos, pois existe uma fonte de água potável onde poderão encher a vossa garrafa;
  • sigam sempre as linhas vermelhas e amarelas; estas podem formar uma cruz (caminho errado) ou um sinal de igual (caminho certo);

 

Divirtam-se e conhecem Portugal, vale muito a pena!

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub